Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Agora é pra valer

22/01/2019 às 03:49
Agora é pra valer

A primeira rodada do Campeonato Mineiro foi suficiente para matar a saudade que o torcedor estava de soltar o grito de gol. E haja garganta! Foram 22 gols em seis partidas. Destaque para Tupynambás e Atlético, que encheram a mão e empurram a bola para o fundo das redes por cinco vezes, durante os 90 minutos. 

É claro que está muito cedo para se falar algo, mas aqueles que terminaram o ano criticando o atacante atleticano Ricardo Oliveira precisarão repensar algumas coisas. Dos cinco gols do Galo, três, isso mesmo, três foram do “bom pastor”. Lembrando que em 2018 Ricardo Oliveira foi o artilheiro do Galo com 22 gols anotados em 56 jogos. Será que bate o número este ano? Outro atleticano que merece muito destaque é o atacante Luan, que deu duas assistências para Ricardo Oliveira e uma assistência de bicicleta para o gol de Elias. 

Nesta quarta-feira (23), o adversário do Galo na segunda rodada é o Tombense, fora de casa. E o foco do Atlético nesta semana é o clássico contra o Cruzeiro, no domingo. Com isso, técnico Levir Culpi vai optar por uma equipe totalmente reserva em Tombos e acho a decisão do treinador acertada. Lógico que cada jogo é uma história diferente, na teoria, todos valem três pontos, mas, na prática, o clássico tem um peso muito maior. É bom que os titulares sejam poupados dos desgastes da viagem. Tamo junto, Levir!

No Cruzeiro, o destaque foi para Raniel, que marcou dois gols, na vitória por 3 a 1, diante do Guarani, em Divinópolis. O atual campeão mineiro não terá vida fácil nos próximos dias: são cinco jogos em 15 dias.

Na quarta-feira, o time celeste recebe o Patrocinense, 21h45, no Mineirão, e o técnico Mano Menezes também deve poupar alguns jogadores para esta partida. O treinador já adiantou que mais da metade do time será diferente do que entrou em campo na estreia do estadual. 

É claro que uma escalação reserva tira um pouco do brilho da partida e desmerece um pouco a competição, mas há muitos fatores que precisam ser analisados. Além do risco de lesão, o clube precisa realizar testes e aprimoramento físico, enquanto pode. Afinal, o torcedor não espera que tudo isso seja feito próximo a Libertadores, né? 

A temporada está só começando, mas já promete muita emoção! 

Tamo junto e até a próxima! 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link