Anônimo

Coluna do Anônimo

Veja todas as colunas

O país-sede dos representantes da Europa

Mais uma lista de convocados para a seleção brasileira, agora para a Copa América, sem um nome vindo de Minas Gerais.

17/05/2019 às 06:54

O Rio Grande do Sul brigou por muito tempo por sua independência do Brasil, mas parece que, no futebol, quem fez esse pedido foi Minas Gerais. Pior! Os gaúchos quiseram, mas não tiveram sua liberdade territorial; enquanto isso, os mineiros não pediram nada, mas ainda assim foram esquecidos nacionalmente pela comissão técnica da seleção brasileira.

Amigos, nos últimos seis anos, vieram para Belo Horizonte três títulos da Copa do Brasil e dois títulos Brasileiros, as duas principais competições do país. Dois, desses cinco troféus, de forma consecutiva nos últimos dois anos. Ou seja, temos atualmente um título nacional em vigor por aqui. Mas nada que encha os olhos da Confederação Brasileira de Futebol - que por sinal é dona da competição.

Mais uma lista de convocados para a seleção brasileira, agora para a Copa América, sem um nome vindo de Minas Gerais. Sinceramente, eu não sei o que é pior: a desilusão que Fábio e seus fãs vivem por sua constante e desmerecida não-convocação, ou a ilusão que Dedé e seus fãs viveram com as expectativas criadas pelas declarações elogiáveis de Tite ao zagueiro - que parou por aí.

Eu sou um defensor nato da Seleção Brasileira. Ela é o nosso time maior. Ela é o que nos une no esporte com tantas opções de clubes. Mas não é assim que tem sido nos últimos anos - ou décadas. O crescimento do futebol internacional já diminuiu as convocações de jogadores que atuam no Brasil, já que todos os nossos grandes atletas vão pra lá cada vez mais cedo, mas é importante termos uma identificação com a amarelinha, e isso está distanciando cada vez mais.

Ainda assim, há dúvidas sobre as escolhas. Se pensarmos que não foram convocados o cara que colocou o time dele na final da Champions League após um hat-trick (Lucas Moura) e o que “salvou” o melhor time do mundo de um momento fracassado (Vinícius Jr.), é melhor fecharmos as fronteiras da República de Minas Gerais. Daqui ninguém sai; daqui ninguém presta. Não há como não pensar que hoje nossa seleção canarinho vive de atletas vendidos por cifras bilionárias de empresário milionários.

Corintianos e gremistas terão atletas representados na Copa América - disputada aqui no Brasil. Já o restante do país, não. Todos os demais jogadores que conhecem a fundo os campos que serão utilizados na competição por jogarem uma, duas e/ou até três vezes por semana aqui não poderão ajudar. Acho até que tem mais jogadores que atuam no país, mas que defenderão outras seleções do que nacionais nos defendendo. Será que somos mesmo o país-sede? Difícil entender. Difícil engolir, meu caro Zagalo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link