ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

Assim como Dilma, Bolsonaro concede passaporte diplomático a Edir Macedo

Por Agência Estado, 15/04/2019 às 10:52
atualizado em: 15/04/2019 às 14:47

Texto:

Foto: Reprodução Templo Salomão/Facebook
Reprodução Templo Salomão/Facebook

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, concedeu passaporte diplomático ao proprietário da Rede Record e líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Edir Macedo Bezerra, e à esposa dele, Ester Eunice Rangel Bezerra. O documento terá validade de 3 anos. 

A decisão consta em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a publicação, o chanceler liberou o documento especial a Edir Macedo e sua esposa "por entender que, ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior".

O líder da Igreja Universal também recebeu o documento oficial em 2011, no governo Dilma Rousseff (PT). Na época, Edir Macedo era aliado petista.

O passaporte diplomático garante tratamento diferenciado em aeroportos de outros países.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Sergio Moro diz não reconhecer autenticidade de novos diálogos e se defende no Twitter https://t.co/aaMR8SSkR5 https://t.co/eQNFbtAOiH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A Folha de S.Paulo desta quinta-feira que afirma que o então juiz federal interferiu em acordo com delatores da Lava Jato.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A primeira alteração seria tornar o senador Flávio Bolsonaro irmão de Eduardo, titular do colegiado. Para isso, o PSDB teria de abrir mão de uma de suas vagas, hoje ocupadas p...

    Acessar Link