ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

Luan e Cazares serão reavaliados e ainda são dúvida para a finalíssima do Mineiro

Por Redação, 15/04/2019 às 20:06
atualizado em: 15/04/2019 às 20:15

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Após deixarem o clássico contra o Cruzeiro, no último domingo, acusando dores, o meia Cazares e o atacante Luan se reapresentaram junto com o restante do elenco alvinegro nesta segunda-feira, na Cidade do Galo. Ambos já iniciaram o tratamento e serão reavaliados pelo departamento médico do Atlético para saberem se têm condições físicas de jogar o segundo e decisivo clássico da final do Campeonato Mineiro, no próximo sábado, às 16h30, no Independência.

Cazares deixou o gramado aos 18 minutos do primeiro tempo do clássico no Mineirão ao sentir uma fisgada na coxa esquerda, enquanto Luan saiu no intervalo com dores na virilha. A dupla será submetida a exames de imagem para saber a gravidade do problema.

Já Réver segue sendo uma preocupação para o jogo de volta da final. Com dores no tornozelo esquerdo, o zagueiro não atua há mais de uma semana e terá a semana inteira para se recuperar.

Ausência certa no jogo decisivo do próximo sábado será o volante Adilson, expulso nos minutos finais do clássico após confusão depois do cartão vermelho ao meia-atacante Rafinha, do Cruzeiro.

Como perdeu o primeiro jogo da final por 2 a 1, o Atlético perdeu a vantagem de jogar por um empate e precisará vencer por qualquer placar para ficar com o título mineiro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Sergio Moro diz não reconhecer autenticidade de novos diálogos e se defende no Twitter https://t.co/aaMR8SSkR5 https://t.co/eQNFbtAOiH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A Folha de S.Paulo desta quinta-feira que afirma que o então juiz federal interferiu em acordo com delatores da Lava Jato.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A primeira alteração seria tornar o senador Flávio Bolsonaro irmão de Eduardo, titular do colegiado. Para isso, o PSDB teria de abrir mão de uma de suas vagas, hoje ocupadas p...

    Acessar Link