Notícias

‘Vai ser uma equipe cautelosa que tentará contra-atacar’, diz jornalista sobre La Equidad

Por Redação , 20/08/2019 às 10:43
atualizado em: 20/08/2019 às 10:51

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Rádio Itatiaia
Rádio Itatiaia

Um clube pequeno da Colômbia, que tem diferentes estilos de jogo e que deve apostar no contra-ataque na primeira partida contra o Atlético, na noite desta terça-feira, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. É assim que o jornalista colombiano Camilo Castelianos, do canal DirecTV, resume o La Equidad. 

Ouça aqui a entrevista completa com Emerson Pancieri!

Em entrevista à Itatiaia, Camilo Castelianos disse que o técnico Juan Carlos Osorio, ex-São Paulo e seleção do México, é a referência para Humberto Sierra, comandante do La Equidad. Por isso, variações de jogo e mudanças na escalação são frequentes. No entanto, Camilo aposta numa postura defensiva, com quatro defensores, dois volantes de marcação, três meias e um centroavante.

“Vai ser precavido, porque sabe que vai enfrentar uma equipe com mais história. Ele sabe que o Atlético vai atacar”, disse o jornalista. “Tem que aguentar os primeiros quinze minutos, pois o cronômetro será o melhor amigo do La Equidad. Vai ser uma equipe cautelosa que tentará contra-atacar”, completou.

O La Equidad chega invicto às quartas de final da Copa Sul-Americana. Participando desde o início do torneio, a equipe colombiana passou pelos paraguaios do Independiente (1ª fase) – dois empates em 0 a 0 e venceu nos pênaltis – e Deportivo Santaní (2ª fase) e pelo boliviano Royal Pari (oitavas de final) – ambos com duas vitórias no confronto.

Por outro, faz campanha ruim no torneio Clausura da Colômbia, sendo o 19º colocado entre os 20 participantes, com apenas quatro pontos somados em seis jogos. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link