Notícias

Em regime remoto, América retoma treinamentos das categorias de base

Os atletas trabalharão em suas próprias casas, sob supervisão e orientações das respectivas comissões técnicas

Por Redação, 13/07/2020 às 12:39
atualizado em: 13/07/2020 às 12:43

Texto:

Foto: Estevão Germano/ América
Estevão Germano/ América

O América retomou, em regime remoto, nesta segunda-feira, os treinamentos das categorias de base. De acordo com o clube, o objetivo é preparar para o retorno das competições, o que ainda não tem data confirmada para acontecer.

As categorias Sub-20, Sub-17, Sub-15 e Sub-14 iniciaram preparação física e tática. Os atletas trabalharão em suas próprias casas, sob supervisão e orientações das respectivas comissões técnicas.

Na semana passada, os colaboradores de todas as categorias de base do Coelho realizaram uma série de reuniões internas, que abrangeram o planejamento e metodologia que serão aplicados nos trabalhos com os jovens atletas. A Diretoria de Base se reuniu virtualmente com cada comissão técnica, nas quais foram passadas as diretrizes gerais e também específicas para cada categoria.

Fred Cascardo, Diretor de Futebol de Base do América, contou o que foi planejado nas reuniões virtuais com cada categoria. O dirigente também explicou a programação específica de trabalhos para este primeiro momento em regime remoto.

“Fizemos um trabalho de planejamento com cada categoria. Alguns encontros virtuais serão ministrados pelos profissionais de preparação física e outros pelo treinador e auxiliar técnico. Serão desenvolvidas diversas atividades em plataformas audiovisuais com os atletas, além do envio de conteúdos em vídeo para exemplificar os conceitos que serão aplicados na categoria”, afirmou.

Programação dos trabalhos

O time Sub-20 do Coelho terá seis encontros virtuais por semana, sendo quatro deles com foco em preparação física e dois com desenvolvimento de conceitos táticos. O Sub-17 terá cinco encontros semanais, com quatro focados na preparação física e um na parte tática.

As categorias Sub-15 e Sub-14 terão três encontros por semana, sendo dois para preparação física e um para trabalho tático. Nos demais dias, as comissões técnicas desenvolverão outras atividades junto à Diretoria de Base para avaliações e planejamento de novos trabalhos.

Integração com as famílias

Algo importante desenvolvido, antes mesmo da retomada dos trabalhos com as equipes de base, foi a integração e aproximação do Clube com as famílias dos jovens atletas.

Com a realização de reuniões e colaboração da assistência social e pedagógica do América, os pais dos jogadores receberam aconselhamentos e trocaram experiências com os profissionais do clube. O intuito foi proporcionar uma mútua cooperação para que os garotos da base americana pudessem passar pelo momento de isolamento social da melhor maneira possível.

Fred Cascardo comentou sobre o trabalho desenvolvido, destacando a preocupação do clube não somente no desenvolvimento técnico do jogador, mas também em sua evolução educacional e social.

“Nossa grande preocupação durante a pandemia foi dar suporte à família responsável pelo atleta. Procuramos entender quais foram as dificuldades enfrentadas durante o isolamento. Então, se alguma família necessitava de algum suporte da nossa assistente social, marcávamos reuniões semanais com os responsáveis. Nossa pedagogia também ficou à disposição dos atletas para tirar dúvidas e auxiliar quanto às atividades escolares que foram elaboradas pelas plataformas de estudo do Governo”, explicou o dirigente americano.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Fachin leva o caso para julgamento no plenário do Supremo. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A Anvisa também ampliou a idade máxima dos participantes da pesquisa, de 55 para 69 anos. #Itatiaia

    Acessar Link