Notícias

Presidente interino do Cruzeiro, José Dalai Rocha testa positivo para coronavírus

Por Redação, 31/03/2020 às 16:15
atualizado em: 31/03/2020 às 19:00

Texto:

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Cruzeiro registra mais um caso de coronavírus entre seus dirigentes. Nesta terça-feira, o presidente interino do clube, José Dalai Rocha, de 81 anos, recebeu o diagnóstico positivo para a doença que assola o mundo.

A informação foi confirmada no Twitter pelo jornalista e ex-apresentador da TV Globo, Fernando Rocha, que é filho de Dalai. Ele afirmou que o pai está bem e segue em casa. Por ter mais de 60 anos, Dalai está no grupo de risco.

“A luta contra a #COVID-19 é diária. Hoje saiu o resultado de positivo para o exame de coronavírus do meu pai, Dalai Rocha. Graças a Deus ele está em casa, bem. O remédio é: calma, reclusão e muita fé de que vai dar tudo certo. Conto com a torcida de todos. Fiquem em casa”, postou.

Dalai Rocha assumiu o comando do Cruzeiro de forma interina no fim de dezembro do ano passado, quando o ex-presidente Wagner Pires de Sá e os vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata, renunciaram aos cargos. Antes, o dirigente presidia o Conselho Deliberativo e passou, agora, dirigir a Raposa, ao lado do Núcleo Dirigente Transitório, coordenando a transição para a eleição de um novo presidente.

No início desta semana, o membro do Núcleo Dirigente Transitório, Alexandre Faria, também foi testado positivo para o coronavírus.

Em nota, o Cruzeiro afirmou que Dalai Rocha e Alexandre Faria estão bem e em isolamento em casa. Ainda de acordo com o clube celeste, eles trabalham em home office desde o dia 17 de março. “O presidente em exercício Dalai Rocha já estava em quarentena desde o dia 17 de março e vem deliberando e resolvendo as questões do Cruzeiro de sua residência. Assim como Alexandre Faria, que também vem atuando no Conselho Gestor através de home office”, informou o clube.

Primeiro caso

O CEO do Cruzeiro, Sandro González, foi o primeiro caso de coronavírus no clube. A informação havia sido anunciada pela própria Raposa no dia 20 de março.

Na ocasião, O Cruzeiro informou em nota que Sandro González “está bem e permanece em casa com sua família, isolado em quarentena”.

Integrantes do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro e funcionários que tiveram contato com Sandro Gonzalez foram informados do resultado do teste para tomarem medidas preventivas para evitar a propagação do vírus.

Casos de coronavírus em Minas

Minas Gerais registra duas mortes por coronavírus, de acordo com balanço divulgado na manhã desta terça-feira pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Outros 40 óbitos são investigados. O número de infectados no estado é de 275, enquanto os casos suspeitos somam 34.224.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link